Cocada

95
Cocada

Há muitas variantes no modo de preparo da cocada, mas algo que não muda é sua base, composta de coco e açúcar.

“A cocada é uma iguaria africana. Na época da escravidão, as negras faziam esse doce para os senhores e para isso usavam um ingrediente abundante na Bahia, o coco. Os escravos também consumiam cocada como uma forma de deixar a vida menos dura. As primeiras cocadas preparadas aqui no Brasil usavam açúcar mascavo e, por causa disso, elas eram escuras, ou seja, não existia a tal cocada branca. Com o passar dos anos, foram acrescentados outros ingredientes como o açúcar cristal. A cocada também está relacionada com as religiões africanas como o candomblé, aqui a iguaria possui um significado mais especial. Para os adeptos, a cocada é dada como oferenda para Oxalá, o principal orixá e o doce representa as crianças.” (Fonte: www.panelux.com.br).

Agora que conhecemos sua origem, bora aprender essa deliciosa receita.

Como fazer Cocada?

Tempo de Preparo: 60 Minutos

Grau de Dificuldade: Fácil

Rendimento: 20 Unidades

Ingredientes:

  • 1 Xícara de chá de Água
  • 1 e ½ Xícara de chá de Açúcar
  • 2 e ½ Xícaras de chá de Coco Fresco ralado (grosso)

Modo de Preparo:

1 – Misture a água e o açúcar em uma panela média (utilize as pontas dos dedos, para que a mistura não espirre na borda da panela e evite que queime até atingir o ponto de fio).

2 – Deixe cozinhar (sem mexer!) em fogo médio por mais ou menos 20 minutos, até a calda ficar em ponto de fio.

3 – Acrescente o coco e misture levemente (não mexa muito para não açucarar).

4 – Sem mexer, deixe cozinhar por mais 5 minutos, em fogo médio. Neste momento, a cocada deve estar bem úmida.

5 – Em uma tigela, coloque a cocada (com a calda) e deixe descansar por 5 minutos.

6 – Com manteiga, unte uma assadeira grande (caso prefira, pode utilizar uma assadeira antiaderente).

7 – Modele as cocadas em formato oval (ou como preferir). Para isso, utilize duas colheres.

8 – Coloque-as na assadeira, uma ao lado da outra.

9 – Até que as cocadas sequem (aproximadamente uma hora), deixe-as em temperatura ambiente. Elas devem ficar mais durinhas por fora e úmidas por dentro.

10 – Sirva a seguir.

11 – Obs.: Se quiser conservá-las por mais tempo, guarde-as num ponte com tampa por até 1 semana.

Fala a verdade, deu água na boca, não?  Então, coloque a mão na massa e se o resultado for bom, assim como o pé de moleque e os doces de abóbora e batata-doce, você pode aproveitar para vender e ganhar uma graninha ao mesmo tempo em que delicia com essa receita!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Meu Diário de Receitas © Copyright 2021. Todos os Direitos Reservados
Close